Chile

Ana Aravena Gross

A chilena Ana Aravena chegou a Berlim em 1994, quando a capital alemã passava por um boom no setor da construção civil. Vinha de Madri, onde se refugiara sete anos antes, escapando da ditadura militar em seu país. Leia

Escute mais sobre o protagonista:
 
Sentimentos conflitantes
 
Cidade da infância
 
O policial pintor
 
Refúgio dos oposicionistas

Chilenos na Alemanha

Com o golpe militar de 1973 começou o maior êxodo da história do país sul-americano, levando milhares de chilenos aos dois Estados alemães. Quase 40 anos depois, a comunidade chilena na Alemanha é diversificada e flutuante.

UMA VIAGEM PELO CHILE

Todas as viagens de Ana Aravena Gross à terra natal começam em Santiago do Chile, onde ela tanto viveu dias lindos, como outros especialmente sombrios. A uma hora de distância de carro fica Valparaíso, a cidade de sua infância. A maior parte de seus familiares que ainda não emigraram vive aqui. Ana visitou pela primeira vez Atacama, no norte do país, quando era estudante. O fascínio pelo deserto mais seco do mundo permanece até hoje. Depois de uma pequena parada em Copiapó para visitar um amigo, a viagem segue para o Sul, a caminho da selva chilena.

Ana Aravena Gross Galeria de fotos

Imagens adicionais

Facebook comments
Podcasting
Patrocínio
Outros protagonistas
INDIENMéXICOAFGHANISTAN
share this page Share this on twitter Share this on facebook Share this on linkedin